Existem v√°rias maneiras de se tratar a obesidade e o sobrepeso. O Bal√£o Intrag√°strico √© hoje um dos recursos mais utilizados para a perda do sobrepeso e tamb√©m para redu√ß√£o de peso antes da cirurgia bari√°trica. Uma das vantagens desse m√©todo √© que n√£o necessita cirurgia, o que torna o tratamento mais r√°pido e seguro. A t√©cnica faz a introdu√ß√£o de uma pr√≥tese de silicone no est√īmago, introduzido por meio de uma sonda endosc√≥pica, que depois ser√° preenchida com l√≠quido. Considerado um tratamento de interven√ß√£o, o bal√£o dever√° permanecer no est√īmago no per√≠odo de quatro a seis meses. Ap√≥s a coloca√ß√£o do bal√£o o paciente tem acompanhamento multidisciplinar no per√≠odo de nove meses, tempo m√°ximo desse tipo de tratamento. A Cl√≠nica Mova √© uma pioneira na utiliza√ß√£o desta t√©cnica no sul de Santa Catarina, com centenas de pacientes com excelentes resultados.

‚Äú√Č uma forma menos agressiva e que engloba todas as pessoas que desejam perder peso. Na regra de hoje a gente utiliza como linha de corte o √ćndice de Massa Corp√≥rea (IMC) acima de 27. Os resultados s√£o muito bons principalmente para os paciente que tem sobrepeso ou obesidade grau 1‚ÄĚ, explica o m√©dico cirurgi√£o, Dr. Leandro Avany Nunes.

Entendendo o funcionamento

Existem dois tipos de Bal√£o Intrag√°strico dispon√≠veis. Os que s√£o insuflados com ar e os que s√£o insuflados com uma solu√ß√£o de soro fisiol√≥gico e azul de metileno est√©reis, com volume que varia de 400 a 700 ml, dependendo do tamanho da c√Ęmara g√°strica, da idade do paciente, estatura e sexo.

Postula-se que aquele insuflado com ar causa menos desconforto por ser mais leve, mas apresenta maior dificuldade na sua retirada e também não existem meios de se diagnosticar precocemente se ele apresentar vazamentos. Este fato não ocorre com os que são preenchidos com a solução de soro fisiológico e azul de metileno, já que este líquido será absorvido pelo organismo, sem causar-lhe prejuízos, e mudará a cor da urina, alertando o paciente.

A retirada, assim como sua colocação se faz por meio de uma endoscopia, geralmente com sedação assistida por um anestesista, visando à segurança e o conforto do paciente. O tempo médio de procedimento não ultrapassa, na maioria das vezes, 10 a 15 minutos. Após sua retirada, se necessário ou desejado, o paciente poderá discutir com o médico a colocação de outro balão.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

desenvolvido por Cacto Publicidade
Rua Estevão Emílio de Souza, 108 (em frente ao Hospital Unimed) :: Próspera :: Criciúma/SC :: Tel. (48) 3439.4096