Em mais uma reunião com a equipe multidisciplinar da clínica MOVA, os pacientes pré e pós- operados da cirurgia bariátrica reuniram-se em uma noite de debate co

m um tema preocupante: o reganho de peso. A reunião iniciou com um bate-papo entre os pacientes, apontando quais as causas para o reganho de peso. “Queremos alertar com este tema, a importância do acompanhamento com a equipe durante, no mínimo, dois anos”, alerta a psicoterapeuta, Ana Paula Gramacho.

Ansiedade, falta de apoio familiar, indisciplina e falta de preparo pré cirurgia foram os itens mais citados pelos pacientes. “Pegamos casos de pacientes que se operaram e não tiveram acompanhamento e hoje estão com peso superior de quando fizeram o procedimento. E isso nos preocupa. Queremos ver um resultado positivo em nossos operados”, complementa Gramacho.

A equipe multidisciplinar alerta que a cirurgia precisa do apoio e participação do paciente para que a manutenção da perda de peso seja possível. “Mesmo com uma gama de informações alertando para os riscos do reganho de peso, o paciente pode voltar a ter os comportamentos anteriores e se alimentar inadequadamente”, revela a nutricionista, Michele Biff.
Após o bate-papo, nutricionista e psicóloga reuniram os principais itens e auxiliaram os pacientes em como lidar com as dificuldades pós-cirurgia. “É para isto que estamos aqui. O paciente precisa identificar em si a diferença entre fome e vontade de comer”, finaliza Gramacho.


Em mais uma ação de promoção do conhecimento, a clínica MOVA – Medicina da Obesidade e Videocirurgia Avançada realizou na nesta semana, na sede da clínica em Criciúma, uma palestra voltada a área nutricional. A mestre e doutora em ciências dos alimentos pela USP, Silvia Cozzolino, palestrou a aproximadamente cem participantes entre nutricionistas, médicos e acadêmicos, a palestra “Doenças crônicas não transmissíveis e micronutrientes”. “Queremos trazer o diferencial da educação aos nossos profissionais e promover a educação continuada. Trouxemos uma nutricionista renomada, pois dentre todas as especialidades que trabalhamos, a nutrição é uma das mais importantes. Ao longo do ano traremos outros profissionais de outras áreas”, explica o idealizador do evento e cirurgião bariátrico, Leandro Avany Nunes.

No evento, a palestrante apresentou o impacto dos micronutrientes nas doenças crônicas não transmissíveis, como são utilizados pelo organismo, biodisponibilidade e seu papel no controle e prevenção destas doenças. “Sabemos dos efeitos da desnutrição, mas cada vez mais estudamos a influência dos micronutrientes na saúde. Tudo isso influencia na longevidade e qualidade de vida”, comenta Cozzolino.

Com a correria do dia-a-dia, cada vez mais a alimentação deixou de ser preocupação para a população. De acordo com a palestrante, a vida moderna tem induzido as pessoas ao sedentarismo e nesta hora, a base da alimentação se torna essencial para uma boa qualidade de vida. “Você pode ingerir eventualmente um determinado alimento, mas não deve excluir de sua dieta. Devemos incentivar os pacientes ao consumo diário de cereais integrais, porções de frutas, consumo de leguminosas, entre outros”, lembra.

Durante a palestra, outros assuntos pertinentes como a suplementação vitamínica, importante na recuperação do paciente pós-operado da cirurgia bariátrica foram discutidos. “Se o nutricionista está analisando a dieta do paciente ele tem uma indicação de quanto o paciente ingeri. Se existe a suposição de que ele não está tendo a ingestão da quantidade ideal, recomendo que use doses baixas no paciente saudável. Porém, na cirurgia bariátrica é totalmente diferente. A suplementação é fundamental e ele deverá ter durante a vida inteira. Escolher a dose é o mais difícil”, adverte.

Sobre a clínica

A MOVA foi projetada e oferece um programa completo para o tratamento da obesidade e doenças relacionadas ao aparelho digestivo. Alternativas de tratamento cada vez mais eficazes para proporcionar melhor qualidade de vida. Da primeira consulta ao acompanhamento pós-operatório, há suporte permanente para que o tratamento obtenha sucesso. A clínica dispõe de uma equipe completa. Além do cirurgião, a MOVA conta com nutricionista, psicólogo, endocrinologista e fisioterapeuta. “Nosso foco vai além dos métodos e procedimentos que ofertamos, disseminamos a importância dos hábitos saudáveis na construção de uma cultura de saúde e bem-estar”, conclui Nunes.


desenvolvido por Cacto Publicidade
Rua Estevão Emílio de Souza, 108 (em frente ao Hospital Unimed) :: Próspera :: Criciúma/SC :: Tel. (48) 3439.4096