Reunião multidisciplinar abordou o tema pós Páscoa e o apoio familiar nos cuidados com os exageros

Em mais uma reuni√£o da cl√≠nica MOVA, os pacientes pr√© e p√≥s-operados da cirurgia bari√°trica, juntamente com os profissionais da equipe multidisciplinar, a nutricionista, Michele Biff e a psicanalista, Ana Paula Gramacho, fizeram um bate papo com os participantes em um tema geral, mas, em v√©spera de feriado, o assunto predominante foi o ‚Äúp√≥s-P√°scoa‚ÄĚ. O evento aconteceu na √ļltima quinta-feira (17).

Como lidar com datas comemorativas? Chocolates, almo√ßos e jantares em fam√≠lia s√£o comuns nesta √©poca. Esta foi uma das quest√Ķes mais pertinentes deste encontro e √© a√≠ que entra o apoio da fam√≠lia. ‚ÄúEu desejo que todos os operados tenham uma fam√≠lia como a minha. Eles deixam de comer algumas coisas para me apoiarem na dieta‚ÄĚ, comenta a paciente Janaina Satiro.

O apoio da fam√≠lia √© muito importante nesta hora, por√©m, o paciente tem que estar preparado psicologicamente para esta mudan√ßa. ‚ÄúO mundo n√£o vai passar a comer o que voc√™ tem que comer. √Č uma mudan√ßa sua. Voc√™ tem que se habituar a estes novos costumes‚ÄĚ, alerta Gramacho. ‚ÄúAcho que nossa cabe√ßa vai se preparando pra isso antes e depois da cirurgia. Vontade n√≥s sentimos, mas quando vai comer, n√£o √© como antes‚ÄĚ, comenta a paciente Heloisa Goulart.

Para a nutricionista, cada um vai permitir que a fam√≠lia fa√ßa alguma coisa, mas n√£o √© obriga√ß√£o das pessoas acompanharem sua dieta. ‚ÄúO paciente tem que saber qual √© o seu limite. Ele precisa entender que j√° est√° se submetendo a uma cirurgia porque n√£o tem limites‚ÄĚ, lembra Biff.

A nutricionista comenta ainda que, dependendo do est√°gio de dieta de cada paciente, √© permitido comer uma pequena dose de guloseimas, muito inferior ao dos antigos costumes. ‚ÄúN√£o quer dizer que porque voc√™ fez uma cirurgia bari√°trica, que voc√™ nunca mais v√° comer um chocolate. √Č importante procurar o nutricionista e saber qual a quantidade e em que per√≠odo o paciente poder√° fazer o consumo deste alimento para n√£o cometer exageros‚ÄĚ, orienta.


desenvolvido por Cacto Publicidade
Rua Estevão Emílio de Souza, 108 (em frente ao Hospital Unimed) :: Próspera :: Criciúma/SC :: Tel. (48) 3439.4096