O tratamento √† obesidade √© um dos principais desafios para a sa√ļde p√ļblica. Cada vez mais, pessoas obesas buscam tratamentos que permitam retomar os padr√Ķes de vida com qualidade e sa√ļde. Ainda que tenha influ√™ncia em fatores gen√©ticos, a obesidade √© reflexo direto dos h√°bitos da vida moderna, principal-mente a aus√™ncia de atividade f√≠sica e a alimenta√ß√£o muito cal√≥rica e pouco nutritiva.

Frederico Santos, 57 anos, sofreu com o excesso de peso desde os 30. Mas h√° pouco mais de um ano, apoiado pela fam√≠lia, decidiu buscar tratamento e optou pela cirurgia bari√°-trica. Com 1,87 m de altura, chegou a pesar 240 quilos. ‚ÄúSentia o preconcei-to, estava com uma depress√£o muito grande e sem sa√ļde‚ÄĚ, recorda Santos, operado h√° dez meses e j√° somando a perda de 86 quilos, consequencia da opera√ß√£o. Antes do procedimento e em fun√ß√£o do risco pelo excesso de peso, o paciente j√° havia emagrecido 50 quilos atrav√©s de dieta alimentar.

Respons√°vel pela cirurgia, o m√©dico Leandro Avany Nunes, explica que neste caso, assim como na maioria das cirurgias atualmente, o m√©todo utilizado √© o by pass. Nesta t√©cnica cir√ļrgica, o paciente tem o est√īmago reduzido a 20 ml. Considerado hoje como o ‚ÄúPadr√£o Ouro‚ÄĚ da cirurgia bari√°trica, o procedimento √© realizado por videolaparacospoia. Em seu site (www.leandroavanynunes.com.br), Nunes disponibiliza informa√ß√Ķes completas sobre t√©cnicas dispon√≠veis atualmente.

O uso desse m√©todo tem sido defendido em todo mundo, principal-mente por ser minimamente invasivo e aplic√°vel a todas as t√©cnicas cir√ļrgicas. Para realiz√°-lo, ao inv√©s da abertura do abdome do paciente, s√£o realizadas apenas quatro a cinco incis√Ķes de 0,5 cm cada, por onde passam c√Ęnulas e a c√Ęmera de v√≠deo. Usada em 35% das cirurgias bari√°tricas, em 2010, o m√©todo gera uma s√©rie de benef√≠cios quando comparada √† cirurgia aberta.* (veja o quadro abaixo).

Bal√£o intrag√°strico


Para casos de sobrepeso, h√° a pos-sibilidade da coloca√ß√£o de um bal√£o intrag√°strico. Sem a necessidade de cirurgia, o procedimento consiste na introdu√ß√£o de uma pr√≥tese de silicone no est√īmago, atrav√©s do procedimento de Endoscopia Digestiva Alta. O bal√£o permanece no est√īmago de quatro a seis meses. Tanto a coloca√ß√£o quanto a retirada √© feita com seda√ß√£o e em ambiente ambulatorial ou hospitalar, com tempo aproximado de interna√ß√£o de 12 horas.¬† ‚Äú√Č um procedimento simples, seguro e muito utilizado em todo o mundo ‚ÄĚ, afirma o m√©dico.

O bal√£o intrag√°strico ainda √© recomendado na prepara√ß√£o de pacientes com obesidade m√≥rbida, que necessitam de cirurgia, mas n√£o possuem condi√ß√Ķes seguras para realizar a opera√ß√£o e para pacientes que precisam perder peso, por√©m n√£o o conseguem faz√™-lo com as medidas habituais. Estima-se que mais de 115 mil pessoas em todo o mundo j√° tenham aderido a esse m√©todo.


Conteúdo Relacionado

desenvolvido por Cacto Publicidade
Rua Estevão Emílio de Souza, 108 (em frente ao Hospital Unimed) :: Próspera :: Criciúma/SC :: Tel. (48) 3439.4096